Ainda existe preconceito nos relacionamentos?

by - janeiro 03, 2012


The Round Peg


Viver um relacionamento parece fácil. Aliás realmente é, quando duas pessoas sentem uma certa atração uma pela a outra. Sem ter nenhum impedimento, é claro que tudo dará certo, a não ser se tiver algum preconceito. A sociedade é dotada de valores e de "regras". Sim, regras. Você já se imaginou namorando com um cara mais velho? A sociedade com certeza iria comentar essa sua situação. De um agradável relacionamento passaria para um desagradável desconforto.


Nada como conviver com uma sociedade cheia de preconceitos. Não falo só de idades. Engraçado como querer ser feliz com alguém é da conta dos outros, não é mesmo? Se ele é baixinho e gordinho, todo mundo comenta que você é bonita demais para ele. Ou se ele é bonito demais pra você, é aí mesmo que todo mundo aproveita pra comentar. As pessoas temem o que é diferente. Mas como lidar com isso, com esse preconceito sem motivo?

Primeiro, viva a vida intensamente sem se importar com o que vão dizer! É isso mesmo, o que adianta encontrar o cara certo, se você ainda pensa no que a sociedade deve tá comentando? Com certeza deve ter demorado bastante pra você encontrar o cara ideal, afinal você deve ter passado toda uma vida para conseguir chegar aonde chegou. E quando consegue, vai deixar de lado? Claro que não. Os comentários sempre virão em tudo, mas aprenda a lidar com eles.

Seja forte: Se o namoro de vocês realmente vale a pena, então ultrapasse todas as barreiras. Se cair, levante. Se alguém falar mal de vocês, então, mantenha distância. Não vá decair ou sentir mal por isso. Lembre-se que você tem um grande companheiro do seu lado, não apenas para momentos ruins. Então vocês sobreviverão a esses preconceitos facilmente juntos.

Se os seus pais começarem a ter preconceitos no seu relacionamento, essa é uma questão bastante complicada, até porque seus pais são aqueles que te dão força, coragem, moradia, enfim, mas seria legal que vocês sentassem com ele e mostrassem o lado bom de toda a história. Mostrem que o preconceito não vai levar em nada e que o cara que você tá saindo é super gentil com você, te trata bem e que classe social, etnia ou grande diferença na idade, não importa, até porque vocês são felizes assim. Elabore uma série de coisas positivas que o relacionamento de vocês têm.

Supere os seus medos: Um dos pontos principais para o preconceito é o medo. Medo de não saber lidar com as situações, medo de não saber resolver o próprio preconceito, medo de nada dar certo. Procure cortar seus próprios medos e manter sua linha de equilíbrio, vencendo essa barreira. Tudo só vai poder dar certo se começar com você.

Como eu havia dito, as pessoas têm medo do que é diferente. Elas não conseguem aceitar um casal com grande diferença de idade, ou com raças diferentes, ou porque simplesmente são do mesmo sexo. E isso porque é novo para a sociedade. Se cada um de nós pudermos superar nossos medos, com certeza, a base para o preconceito também será afetada. Então, viva a sua vida, supere seus medos, não dê ouvidos a quem não merece a sua atenção e esqueça dos preconceitos, eles só servem para afetar você de todas as maneiras.

E então, você já viveu um relacionamento que teve de superar algum preconceito? Ou você ainda vive? Conta pra gente a sua história.

Onde me encontrar: Canal no Youtube (dicas pra blogs) | Bloglovin | Perfil no facebook | Página no facebook | Twitter | Grupo do blog | Google +

leia todos os posts da karine clessia

You May Also Like

8 comentários

  1. Bah amei seu blog e o post >< Muito lindo aqui!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog, se quiser dar uma passada no meu:
    http://mentaerosa.blogspot.com/
    1bj.

    ResponderExcluir
  3. Ah existe mesmo, principalmente essa coisa de machismo/feminismo, odeio isso!

    ResponderExcluir
  4. Fico muito feliz em saber disso, Jeniffer. Será sempre bem-vinda aqui :DD

    ResponderExcluir