Como lidar com seus pais?

by - janeiro 30, 2012



Geralmente quando a gente entra nessa fase de adolescência, a gente fica sem aguentar nada que o nossos pai venha a nos dizer, mesmo que seja pro nosso bem. E tudo o que os nossos pais falam parecem se tornar chatos e repetitivos, não é mesmo? Eu falo disso, porque sinto meus pais assim, muito repetitivos, eles não sabem falar só uma vez, e continuam achando que eu sou daquelas crianças que não entendeu o que ele falou.

É engraçado falar isso, porque nossos pais parecem ser idênticos... Eles reclamam, brigam porque deixei cair um copo de suco no chão, ou quando eu perco o celular deles. Todo adulto diz "essa fase de adolescência é a pior que tem, eles ficam extremamente ignorantes". E a gente tem que reconhecer que a gente fica mesmo, até porque pegar no nosso pé também já é demais, né? Mas, então, como lidar com esse excesso deles?

Nós possuimos várias fases em nossas vidas e somos imaturos o bastante, para que podemos confessar nossos erros e rever nossos problemas. Não conseguimos suportar a maneira como eles têm brigado com a gente. Eles brigam para evitar que venham coisas piores pra gente, eles brigam para nos proteger. Daí você me pergunta "pra proteger?". É claro! Eles possuem muito mais experiência que a gente, e quer evitar mais problemas depois.

Nós adoramos experimentar o que é novo, mas eles desejam fazer com que não façamos coisas erradas. É por isso que quando você quer sair de casa, ele bota banca ou fica criando detalhes, pra que você possa não ir. A verdade é que nós só aprendemos algo, quando passamos por uma queda. Se sua mãe disser pra você não se apaixonar por aquele cara, porque ele não presta. Vai ser difícil você dar ouvidos a ela, porque, afinal, você nunca se envolveu com ele. E lá vai você se meter em uma roubada, justamente por não ter ouvido sua mãe.

O primeiro passo pra se dar bem com uma pessoa de uma cultura diferente da sua é entender o motivo de eles serem assim. A partir daí as coisas começam a ficar muito simples. Olha meu lado: eu nunca gostei muito de festas (meus pais gostam disso em mim), nunca me importei em sair a noite pras farras e voltar, até porque eu amo dormir cedo! Mas isso não quer dizer que eu vou deixar de sair com meus amigos. E meus pais me entendem quando vou sair com eles.

Mas se você é daqueles que gosta de sair direto, você tem que entender o lado de seus pais, quando ele disser que não. Porque tudo em exagero faz mal. E essa frase eu aprendi com eles, olha só. Outra dica legal é você dar confiança pra eles. Eles devem se sentir segura de quem você realmente é, com quem você vai andar, que horas vai voltar, pra onde você vai... Explique tudo para que eles entendam o motivo de você querer sair.

Não esconda nada de seus pais: Agora que falei da confiança que você tem que depositar neles, então, conte tudo para seus pais. Não deixe que ele saiba alguma coisa sua a respeito ou do seu amigo por outra pessoa. Isso é um erro, certo? Se eles souberem por outras pessoas, eles sempre ficarão com um pé atrás de você, então confiança uma vez perdida, você nunca mais a terá de volta. Lembre-se disso sempre.

Converse mais com seus pais: Eu amo conversar com meus pais. Eles me ensinam bastante, me contam histórias super engraçadas. Eu amo esse momento família, quando a gente está conversando a respeito de alguma coisa que passa na televisão ou relembra a infância deles. Com a maturidade que eles possuem, eles podem transmitir uma boa parte dela pra vocês. E é isso que é o melhor, você passa a entender melhor o lado deles e de quebra ainda vira amigo deles.

Não espere que eles vão concordar com tudo o que você fala. Os seus pais vieram de outro período, um completamente diferente do nosso. Portanto, é difícil conciliar momentos distintos e entender cada lado. Assim como é difícil eles aceitarem gostar de música eletrônica, é difícil pra gente aceitar ouvir brega (falando nisso... já me acostumei :O haha). Então, todo mundo nesse mundo é diferente e nós, por ter vivido em épocas distintas, temos que aprendar a entender o lado dos outros.

Valorize-os: Da mesma maneira que você precisa da atenção dos seus amigos, eles precisam da sua. Então, sempre que eles tiverem falando com você, olhe para eles e comente sobre um determinado assunto, ou responda alguma pergunta que eles fizerem. Esteja sempre por perto quando eles precisarem. Haverá momentos em que o pai de vocês vai precisar do colo de vocês. E vocês vão ter que dar apoio.

PS: Enquanto eu fazia o post, encontrei um super legal pra vocês lerem. E super engraçado também. Quem tiver interessado, leia aqui.

E, então, como você se dá com seus pais? Eles brigam muito? Ou você é daqueles que gosta de conversar com eles? Você entende o jeito deles? Eles são muito grossos?

You May Also Like

4 comentários

  1. Ah eu adoro ler sobre isso, até porque meus pais são muito difíceis de lidar. Eu acho que a fase da adolescência é uma fase que exige compreensão e amizade.

    ResponderExcluir
  2. Pode crer que é mesmo, Manu. E fica até difícil lidar com isso.

    ResponderExcluir
  3. Adorei os post realmente nossos pais erraram as vezes na vida e querem que nós,filhos,não comentemos erros,ou as vezes não querem ver a gente metido em encrenca,pois é horrível e vergonhoso os pais ter que pagar fiança(muitos nen tem para pagar) ou ter que nos buscar na delegacia por que nos formos ir na onda do namorado que era bandido.

    ResponderExcluir
  4. É assim mesmo, Mari. Todo mundo erra, mas a gente também tem que tentar ver o lado deles. Obrigada pela sua visita :P

    ResponderExcluir