Namoro à distância!

by - fevereiro 08, 2012



Quem nunca se apaixonou pela internet? Ou ainda, quem nunca ficou a fim de um carinha e depois ele teve que mudar de cidade? Acho que pelo menos alguma vez na vida isso já deve ter acontecido com vocês. Pelo menos, comigo já aconteceu. Não é de ficar espantado com uma coisa dessas, mas de uma coisa tenho razão: a distância traz muita saudade. Saudade de algo que nunca foi vivenciado ou saudade de pessoas que simplesmente moram longe da gente.

Eu já fui daquelas que acreditava bastante que um namoro a distância aconteça. Mas, hoje em dia, penso que pra namorar com alguém assim, que mora tão longe da gente, é preciso ter muita maturidade. Penso: se um namoro que acontece numa mesma cidade já é uma coisa complicada de lidar, então imagine aquele distante. Vocês pensam assim também?

Então, tente saber se ele está a fim de se jogar em um compromisso mais sério com alguém. Porque, normalmente, não é fácil encontrar homens que se apaixonem assim e que tenham que viver em distâncias um do outro. Principalmente porque não é fácil lidar com a saudade. Mas se você tiver essa certeza, a de que ele realmente quer ficar com você a qualquer custo, então vem ver algumas dicas básicas pra que tudo dê certo.

- Aproveite o seu tempo pra você: Logo de cara vem essa super fácil pra você. Sabe aquela história de "você deve se amar para depois amar alguém?". Então, tá na hora de você pegar no guarda-roupa a sua roupa mais linda e sair de casa pra arrasar. Claro, você deve usar seu lazer pra você. E esquecer um pouquinho dele. Ficar pensando demais nele pode causar alguma expectativa. Quem lembra do texto que falei sobre expectativas?

- Compartilhe as suas experiências: Como todo namoro, o namoro a distância também deve ser compartilhado o que acontece no seu dia-a-dia, alguma situação engraçada ou qualquer coisa, afinal vocês namoram, mas que o relacionamento tem de ser bem parecido com aqueles que moram em uma mesma cidade. Isso faz até com que diminua um pouco mais a saudade e você se sentirá mais na vida dele e vice-versa.

- Dê confiança a ele: Claro que o medo da traição sempre rola, mas a gente tem que confiar em quem a gente namora, certo? Se ele gosta mesmo de você, ele não vai trair você. Então, não se preocupe com isso, porque o mesmo pode acontecer pra quem mora perto. E não há diferenças quanto a isso. Se vocês decidiram namorar, mesmo que a distância, então é porque realmente ele gosta de você. Pense nisso.

- Aprenda a lidar com a despedida: A pior parte, eu sei. Você tem que colocar na sua cabeça que ele mora em outro lugar, mas que vocês se gostam e que essa distância é só mais um ponto no namoro de vocês. Então, sempre quando você for a cidade dele, ou ele a sua, em algum momento, vocês vão ter que despedir, certo? Tente olhar o lado positivo de vocês se despedirem. Aprenda que todo lado ruim tem o seu lado bom.

- Não crie expectativas: O ruim de qualquer relacionamento é a expectativa. Toda expectativa em excesso causa decepção. Disso a gente fica careca de saber, né? Mas não criar expectativas é um bem que todo relacionamento deveria fazer, seja ele distante ou na mesma cidade. Então, se você vai se encontrar com ele, com certeza, vem o pensamento junto do que vocês poderiam fazer juntos. Tente tirar o de "como vai ser bom" e coloque os "momentos que vocês já passaram juntos", certo? Assim fica válido e você não tá criando expectativas, você só está revivendo um momento que já passou.

Então, você já namorou a distância? Você já se apaixonou por alguém, mas nunca se envolveu com ele? Você costuma criar expectativa nos seus relacionamentos? Você consegue acreditar no que ele diz? Como você usa o lazer a seu favor?

PS: Perceberam que eu tô super apaixonada em falar sobre relacionamento aqui no Nós na Gravata? Quem tá curtindo ler os posts sobre relacionamento?

You May Also Like

1 comentários

  1. Adorei o post. Realmente a gente ta careca de saber pra não criar expectativas, mas mesmo assim criamos. Deve ser bem difícil lidar com um namoro à distância, tem que ter muita paciência e confiança.

    placeforgirlsblog.blogspot.com

    ResponderExcluir