Conte a sua história: Ele só me enrolou

by - abril 07, 2012



O Conte a sua história é outra tag nova aqui no blog. Pra quem não sabe, você vai contar a sua história e deixar uma lição de vida, ou pra simplesmente desabafar, ou ainda, pra pedir a nossa ajuda. Ainda hoje cedo recebi um email de uma amiga minha, a Joyce. Ela é blogueira e faz posts super incríveis no Divas Mineiras. Enfim, ela contou a história dela e tudo que ela passou. No email, ela conta:

"Eu tinha 15 anos, quando eu conheci um rapaz que, na época, tinha uns 19 anos. Ele era tão lindo, tão fofo, tão romântico, era a perfeição em pessoa. Ficamos amigos, mas aquele "amigos" que não frequentava a casa, somente conversávamos por telefone e msn. Eu estava muito apaixonada por ele, muito mesmo. Era muito grande e chegava a me sufocar, ele sabia disso e mesmo assim me iludia.

Continuava a ser meu amigo, dizia que só queria minha amizade, mas quando nos falávamos, ele era tão fofo e carinhoso e isso acabava me iludindo. Eu achava que ele gostava de mim, mas ele dizia que não queria namorar, que não era a hora, que queria estudar primeiro. E, mesmo assim, eu continuava apaixonada e iludida.

Daí uns três meses depois dessa conversa, eu descubro que ele começou a namorar. Aquilo me desabou. Eu fiquei me perguntando "Como assim? Ele dizia que não queria namorar e, de uma hora para outra, ele começa a namorar com outra garota? Custava apenas dizer que não queria, pra eu ter que seguir com minha vida?".



Como se isso não bastasse, ele ainda me encarava nas festas: ficava olhando para mim e dando sorrisos. E eu continuava a me indagar: "O que ele quer? Namora com outra, mas fica sorrindo pra mim e, ainda por cima, fica me encarando". O tempo se passou, eu acabei namorando outro garoto, me casei e hoje tenho uma filha, sem contar que sou muito feliz por isso.

Mas sinto que alguma coisa que ficou mal resolvida lá atrás. Talvez uma mágoa, uma tristeza... Hoje tenho 21 anos e ele, 25."

A dica que a Joyce pra gente é que não devemos abrir mão da nossa felicidade. Não devemos esperar por ninguém, eles que devem esperar pela gente. Portanto, não crie expectativas com alguém incerto, ou melhor ainda, não crie expectativas com ninguém. Viver sem expectativas é muito melhor. Seus sentimentos não vão depender de ninguém e você não vai se lamentar porque algo deixou de acontecer.

Quantas vezes você já leu por aí sobre amor próprio? Portanto, já tá na hora de você se valorizar, assim como eu já estou fazendo, siga a dica que ela deu pra gente. Se algum dia alguém se apaixonar por você, tenha certeza de que ele lutará por você e fará de tudo para que isto aconteça. Não se engane com os caras errados, eles só farão você sofrer.

Quer participar do Conte sua história? Basta enviar pra gente um email (contato@nosnagravata.com) que a gente coloca aqui. Se você preferir, a gente não divulga seu nome!

You May Also Like

3 comentários

  1. Oi amor otima historia amr sera que tem como voce fazer um tem ano wordprees pra mim ?

    ResponderExcluir
  2. ops *Tema no wordpres

    ResponderExcluir
  3. Não sei fazer temas :( Esse meu eu peguei já pronto, mas é super fácil editar. Você pega alguns tutoriais que tem em inglês :D Se você quiser, posso te ajudar.

    ResponderExcluir