Você é capaz de me ler?

by - junho 23, 2012



Eu me comparo a livros. Livros com palavras tortas, linhas enroladas, mistérios quase desvendados. Eu me comparo a essas coisas que eu sempre costumo escrever. Ou, como acontece na maioria das vezes, eu me comparo a um silêncio que há e permanece em mim. Eu sou meio assim: exagerada quando eu menos imagino e calada quando eu menos quero. Eu sou capaz de escrever palavras, sem nem ao menos sentir, assim como eu sou capaz de ficar calada, quando se deveria falar.

Eu sou capaz de falar que não gosto e, no fim, gostar de tudo, como se fosse possível construir mais um novo tipo de gosto. Eu sou meio indecisa. Não sei escolher entre duas coisas que não fazem tanta diferença assim pra mim. Será que você notou isso em mim, assim como os outros detalhes que você costuma ver em mim?

Eu sou um livro complexo, mas simples. Se você sabe abrir esse livro com calma e ler o que está escrito nas entrelinhas, você saberá identificar quais são os meus defeitos e qualidades e gostará deles mesmo assim. Mas se você pula as linhas e lê desatenciosamente, você se perde no caminho. E tenho certeza, que será mais fácil se você voltar a ler aquelas linhas. Por isso digo: simples ou complexo. Você é quem escolhe.

Eu sou aquela que acorda e dorme com você no pensamento. E, pela primeira vez, posso dizer que estou gostando de alguém de verdade. Obrigada por abrir esse livro, que poderia ser complexo, e cuidar tão bem dele. Eu prometo cuidar dessa leitura e ainda mais, construir um novo livro, só que com palavras mais lindas e mais profundas. Mas isso se você permitir, é claro.

You May Also Like

2 comentários

  1. Bianca Muller23 junho, 2012

    Gostei do texto (:
    Acho que as vezes é tão difícil conseguir ler nos mesmos, ver o que somos de verdade e saber que não somos as vezes aquilo que achamos.
    Beijos,B
    http://biiamuller.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Onw que lindo texto. Também sou bem indecisa e fico calada quando o que mais deveria era falar. Sou um livro que parece pequeno por fora, mas por dentro eu sou tão grande.

    ResponderExcluir