Diário de viagem: New York City por Isadora

by - setembro 29, 2012



Olá, sou Isadora Ferreira do blog Sonho de Biblioteca e é um prazer estar aqui no Nós Na Gravata a convite da Karine para escrever sobre uma das melhores viagens que fiz na vida: New York City, “a selva de concreto onde os sonhos são feitos”.

Os preparativos foram feitos com mais ou menos um ano de antecedência. Tive que fazer o passaporte, conseguir o visto (que hoje em dia não está lá muito difícil).  Mas, vamos falar do destino, certo?

Na verdade, eu fui para a Disney também, mas esse post vai ser dedicado especialmente para Nova York. A cidade é um sonho, mas ainda sim é uma cidade grande, ou seja: há “espertinhos” e mendigos (até em Manhattan), e ela fede, literalmente, assim como São Paulo, ou qualquer outra cidade grande. É suja, no sentido de poluída por conta dos carros, mas as ruas são sempre limpas, é muito raro achar qualquer pedaço de papel no chão.

A organização urbana é incrível, é quase impossível se perder pelas ruas de Nova York. Qualquer um pode andar por lá sabendo o endereço de onde quer chegar e estar com um mapa na mão.

Minha viagem não foi muito turística, ela teve um objetivo mais comercial, mas mesmo assim passei pelo Empire State, Torre da Liberdade (construída onde ficavam as Torres Gêmeas) e Central Park, que tem um monumento lindo, o Strawberry Fields, que é uma homenagem de Yoko Ono para seu falecido marido, John Lennon. Supostamente, era perto do local onde o monumento foi feito que John ficava para compor suas músicas.



Outra atração que não podia perder em Nova York foi assistir um musical da Broadway: O clássico Rei Leão. Me emocionei muito, foi um momento mágico na minha vida. Como disse antes, minha viagem teve um objetivo mais comercial. Tive o prazer de ficar em um dos melhores pontos de NYC: o hotel Marriott Marquis na Times Square.

Como diria o Thiago, guia da minha viagem “O Marriott não fica na Times Square, ele é a Times Square”. O hotel ficava bem em frente a loja da Forever 21, ao lado da Aéropostale e bem pertinho da MAC. Foi um paraíso!

Falando nessas lojas, dicas de compras: A Forever 21 é ótima, tem preços super acessíveis e roupas lindas. Encontrei peças lá de US$2,50 a US$ 30,00 que são incríveis. Uma dica é olhar a seção de bijuterias da loja, que, se me lembro bem fica no 4º ou 5º andar (sim, a loja é imensa e os andares – pasmem – são subterrâneos). Lá consegui um colar de coruja maravilhoso que custou apenas US$3,50. E o melhor: não me deu alergia, o que é comum ocorrer com bijuterias.

Outra loja na qual enchi a sacola sem nem ao menos perceber foi a Aéropostale, lá encontrei promoções imperdíveis, como “leve três camisas polo por US$15”, sem falar que comprei a mochila mais linda do universo lá por apenas US$40.

Agora, na MAC eu pirei. Não sou a maior fã de maquiagem e não levo muito jeito pra isso, mas a máscara Haute & Naughty  me conquistou. O preço dela aqui no brasil varia de R$99-R$150, mas lá em comprei por somente US$15 que dá mais ou menos R$30. Super indico umas comprinhas lá, vale a pena.

Ah, antes que eu me esqueça, uma dica para comprar em TODAS as lojas de NY: O preço nas etiquetas está sem a taxa de imposto local (8,75%), ou seja, se a peça custa US$10 na etiqueta, ela irá custar aproximadamente US$10,87 de verdade. Outra nota que você deve tomar: quando se trata de dinheiro, os comerciantes de Manhattan são sempre justos.

Qualquer moeda para eles é dinheiro, seja de um cent ou de 1 dollar. Traduzindo, se sua conta deu US$10,87 e você pagou US$11 eles vão te dar de troco exatamente US$0,13, sem aquele arredondamento chato que fazem aqui no Brasil por ninguém usar a moeda de um centavo.

Outras duas lojas que visitei foram a Abercrombie e a Hollister, infelizmente não pude ficar nelas por muito tempo, pois o cheiro fortíssimo de perfume me deu uma baita dor de cabeça, precisei quase fugir da loja, sem tirar foto com um dos bonitões da Aber e sem ficar de olho nos “salva-vidas” da Hollister. Mas, pelo o que me contaram, os preços variam um pouco da Hollister pra Aber, mesmo elas pertencendo a mesma empresa. O moletom da Hollister, por exemplo, é quase metade do da Abercrombie, embora só tenham pequenos detalhes de diferença.



Vamos agora fazer um upgrade e ir para a avenida dos sonhos de várias garotas: A 5th Avenue, famosa por ser endereço de lojas de marcas internacionalmente conhecidas. Vou ser direta: Chanel, Louis Vuitton, Louboutin é caro em qualquer lugar. Não adianta ir com a ilusão de que vai conseguir tudo muito mais barato nos EUA do que no Brasil, ainda mais com esse Dollar que não estabiliza e com a taxa do cartão (de crédito, de viagem, de débito...) que fura o olho de qualquer um.

Ok, há uma diferença de preços, isso é verdade, mas não vale a pena pagar uma viagem cara como essas só para fazer comprinhas na Quinta Avenida. Mas, se você realmente insiste em gastar uma graninha lá, fica a dica que eu aprendi com a linda Tia Simone (a melhor guia do mundo quando se trata de gastar em NY): Vai pra Gucci. Lá você encontra os menores preços em modelos praticamente iguais aos das outras marcas.

OBS: Os vendedores da Quinta Avenida tem uma espécie de listinha de clientes, se você chega lá pra esperar ser atendido, vai morrer esperando. Eles olham te olham de cima a baixo e se você não parece ter o perfil da loja, vai ser ignorado.

Então, galera, é isso, espero que vocês tenham gostado desse mini (bem mini mesmo) guia de compras em NYC. Gostaria de agradecer a Karine pela oportunidade e conto com a presença de vocês no meu blog, que também trata de viagens, só que imaginárias. Te aguardo no Sonho de Biblioteca. Beijos, espero que tenham gostado.

Esse post foi feito pela Isadora (@isadorasilfer ou @sdebiblioteca) para a tag Diário de Viagem. Toda semana vou pedir pra que alguém descreva sobre a sua viagem internacional. Se você viajou ou conhece alguém que já fez uma viagem internacional, então escreva pra nós através do email (contato@nosnagravata.com)! Não esqueça de enviar suas redes sociais (facebook, twitter, blog, flickr, etc) e imagens da viagem.

You May Also Like

3 comentários

  1. Que vontade de ir pra lá!
    E que esquilo mais fofo *-*

    ResponderExcluir
  2. HAHA NY é muito linda! Ainda vou lá ♥
    Amei o seu diário de viagem!
    xo, ourbag.

    ResponderExcluir
  3. Oi Karine
    Nova Yorque é incrível mesmo.Ja lhe enviei a entrevista no seu E-mail postarei ela na sexta feira agora

    Beijos

    ResponderExcluir