Estranha felicidade

by - setembro 13, 2012





Sabe aqueles dias que a gente acorda com uma vontade de pensar muito? Estou nesses dias. Não sei se vocês sabem (ou devem ter percebido), mas sou bastante observadora, então consigo ver além do silêncio das pessoas. Não entendeu? Pois eu explico: quantas vezes você já se deparou com a falsidade? Ou até mesmo com um falso amor? Aliás, falsa paixão. Pois é.

Acho incrível o nível de hipocrisia das pessoas por acharem que, só porque tenho carinha de quem não entende da vida, eu vou confiar nelas. Bateram na tecla errada. Aliás, ninguém aqui é bobo, né? Acho incrível tudo isso, porque escrevo para pessoas que me entendem. Vocês me entendem, né? Eu sempre me divirto bastante falando com pessoas que nunca vi. E continuo tendo preguiça das que eu conheço. Ou penso que conheço.

Engraçado tudo isso: amizade verdadeira mesmo é a virtual. Não que eu esteja desprezando as que tenho, porque, para toda regra, há exceção. E posso dizer algo? A melhor coisa que já fiz em toda minha vida foi criar o blog. Disso eu tenho certeza e respondo antes mesmo de alguém terminar de fazer a pergunta. Uma felicidade sem fim. E todos nós sabemos disso.

E outra: que cara idiota vai achar que, só porque eu tento dar uma de boazinha o tempo todo, eu estou apaixonada por ele? Numa boa, de tanto cair, eu já me acostumei. Calma, não foi com a queda que eu me acostumei, foi do modo que ela costumava me deixar. Isso mesmo: costumava. E não é porque escrevi sei lá quantos textinhos que é porque você é o cara. Na verdade, você só está sendo igual a todos os outros. Afinal, só restou o texto. E acredite: é sem importância mesmo.

A verdade é que estou feliz por dois motivos: o primeiro por ter criado o blog e ter o reconhecimento de vocês (o carinho e, acima de tudo, a amizade); o segundo que eu sei reconhecer quem está agindo com interesse por algo em mim, incluindo "amigos" e caras idiotas. Entenda: amigos está entre aspas. Muitas aspas. E aos caras idiotas: obrigada, ao invés de dane-se. Ha-ha-ha

Curtiu o texto? Então aproveita pra deixar seu twitter ou seu perfil no facebook. Estou amando a ideia de conversar com alguns de vocês, que acompanham o blog de pertinho. Pra quem ainda não me tem no facebook, então me adiciona.

You May Also Like

0 comentários