Manual simples de viagens internacionais

by - setembro 27, 2012



Quem aí nunca teve um sonho de fazer uma viagem internacional? Orlando, NYC, Los Angeles, Paris, Londres... São muitas as cidades que procuramos. A maioria, geralmente com 17, 18 anos procura fazer intercâmbio. E percebi que muitas que fazem, acabam amando tanto a cidade que ficam por lá.

Então, percebendo o nosso amor por outros países e a tão sonhada viagem internacional, resolvi fazer algumas pesquisas a respeito do assunto e tirar algumas dúvidas que temos. Inclusive vou mostrar pra vocês alguns dos blogs que acompanho e que gosto de ler sobre os depoimentos das pessoas que já fizeram alguma viagem internacional. E aí, quem ficou mega ansioso? :P

COMO ORGANIZAR SUA VIAGEM?

Primeiramente procure saber qual é o lugar (ou quais são os lugares) que você deseja visitar. A primeira dica é você ter em mente que deve resolver esses detalhes (como passagens de avião, hospedagem em hoteis, o que deseja fazer na viagem, quanto vai gastar) muito antecipadamente. Procure saber qual a estação que está se passando em cada cidade de visitação.

Geralmente existem algumas estações favoráveis e outras não. Além disso, você tem que programar e saber que roupas e calçados você vai levar dentro do mala. Existem épocas que os hoteis são mais baratos (é a baixa temporada). Então, lá vai a primeira dica: organize-se economicamente.

QUANTO VOCÊ DESEJA GASTAR?

Essa é uma daquelas perguntas que sempre nos deixam com dúvidas. Geralmente a gente pensa que vai gastar pouco e acaba gastando mais do que devia.

Como eu disse antes: procure visitar nas baixas temporadas, que é quase muita gente não vai. E ai tudo se torna mais barato. E sobra mais dinheiro para as comprinhas (HAHA).

AGÊNCIA DE VIAGENS

Procure saber como é a agencia de viagens que você deseja contratar. Aconselho que a sua primeira vez em uma viagem internacional seja feita através de agências.

Muita gente diz que facilita bastante e, além disso, você começa a entender melhor os detalhes. Se você achar que está tudo ok, a partir da sua segunda viagem, você pode ir sozinha, sem precisar contratar uma agência.

É importante também que você conheça primeiro a sua agência, pra saber se é confiável. Como saber? Basta se informar no PROCON sobre a existência de processos contra a empresa.

PREVINA-SE ECONOMICAMENTE

Você tem receios de imprevistos? Então fique ligado, porque, muitas vezes, pode acontecer o inesperado. Algum problema de saúde, cancelamentos de voos. Viajar com pouco dinheiro não dá certo. Não dizem que é melhor prevenir do que remediar? Então, previna-se!

CONHEÇA O SEU DESTINO

É importante que você saiba as regras da cidade que você deseja visitar. Muitas vezes, lá fora, as leis são diferentes em cada lugar. Então, é importante você procurar entender e saber melhor sobre a região, os costumes, o que pode e não é permitido fazer.

NO AEROPORTO

Chegue sempre antes do horário. Temos a mania de deixar as coisas pra última hora e acaba não dando certo. Lá no aeroporto é do mesmo jeito! Se você chegar uma hora (ou até mesmo duas) adiantado, dá pra fazer tudo certinho e ainda sobra tempo! Então, melhor sobrar do que chegar atrasado e perder o voo, né?

Encontrei um post bastante interessante com algumas dicas simples, mas que valem muito. Basta você acessar esse link e lê por lá cada detalhe! E aí, quem curtiu a ideia? A partir de hoje vou começar a atualizar mais a categoria e falar mais sobre viagens nacionais e internacionais. Quem aí amou a ideia e quer ver sempre a categoria atualizada?

You May Also Like

2 comentários

  1. Muito bacana as viagens de intercâmbio né ainda não tive essa experiência.Kariny tenho uma tag no blog chamada VOCÊ FALA BLOGUEIRA onde entrevisto blogueiras de difentes blogs que falam sobre o blog sua vida do que gostam gostaria que vc fosse a próxima e ai topa ?
    Qualquer coisa me mande resposta pelo e-mail bjos

    ResponderExcluir
  2. Amei o manual, completamente útil, principalmente na parte do "PREVINA-SE ECONOMICAMENTE". Uma guria que foi para Disney/New York comigo, torrou toda a grana em maquiagem MAC (ok, ótimas aquisições, mas isso não vei ao caso) e ficou sem dinheiro para almoçar no dia de voltar para o Brasil. Irresponsabilidade completa.

    ResponderExcluir