Dúvidas e insatisfações

by - outubro 06, 2012



Guardei recordações de um rosto não identificado. Cortei as instruções e fui pulando as cenas pra ver se eu caia na real. Ou pelo menos, começasse a entender todo aquele estado embaraçoso que eu costumava ficar. Estranho, porque eu era acostumada a acordar com uma voz meio rouca. Mas, tudo bem, eu me vestia naquele frio tão insensato e ficava me perguntando os motivos daquilo tudo.

Ok, tudo isso não tem nada a ver com o que eu sinto agora. Sempre é muito estranho pensar por esse lado, porque a minha vida tem entrado em constante desequilíbrio. Pessoas sorrindo por um lado, outras me maltratando e fingindo ser aquilo que não são e outras apenas existindo. Aliás, boa parte das pessoas apenas existem. Não fazem nada de significante ou que possa se tornar algo interessante.

Hoje eu cai na real. Pessoas são sempre intolerantes e egoístas. Onde está o verdadeiro significado de alguém estar ao seu lado? Aí eu lembro: boa parte das pessoas apenas existem. Outras tentando correr atrás dos seus sonhos, enquanto outros ficam duvidando. Obrigada por suas dúvidas medíocres e que me faz ser quem eu sou. Eu aprendi a idolatrar as dúvidas alheias.

Ontem eu li sobre um caso de uma menina que tinha um sonho. Bem, era um sonho daqueles que muitos de seu país tinham. Mas nenhuma tinha a coragem que ela teve: de confessar que amava aquilo, mas que as pessoas duvidavam dela. Acho lindo quando uma garota de apenas 13 anos - sim, apenas 13 - mostra pro mundo o que é fazer. Quando boa parte dos adultos nada fazem para mudar.

Eu continuo a duvidar de muitas coisas, mas naquilo que realmente quero, eu acredito. Grandes pessoas sonham. E as pequenas? Ok, dessas vamos nos lamentar.

Dessa vez o filme não faz sentido. Porque eu continuo sem entender certas situações que, pra mim, são muito confusas. Penso que eu não consigo me imaginar e talvez seja isso. As minhas incertezas sempre me consumem e dessa vez eu prefiro não confiar. Aliás, depois de topadas nessas pedras que costumo encontrar, fica meio difícil né?

You May Also Like

0 comentários