Sentimentos, razão e confusão mental

by - outubro 18, 2012



O chocolate quente derramou de novo em cima da mesa. Abri a geladeira umas trinta vezes pra saber o que eu realmente procurava ali dentro. E, adivinha, coloquei sem querer a lata de nescau dentro da geladeira. Droga! Sei não, mas coisas estranhas estão me acontecendo. Vai entender né? Mas tem coisas que a gente não consegue explicar, porque simplesmente nossa mente voa pra um lugar não tão longe assim.

Ontem a noite eu tive um sonho dentro de um sonho. Eu tinha sonhado que tinha recebido uma ligação sua e que, ao mesmo tempo, estava com um sono danado. Acho que naquele instante você teria me acordado e eu ainda não estava ciente, mas mesmo assim sabia que era você. Engraçado que eu acabei dormindo durante a ligação e... Ok, quando eu acordei, peguei meu celular novamente pra ver, mas não tinha nada.

Alô, cara do outro lado da linha, não sei se esse é o momento certo, mas, de qualquer forma, pra mim não existe momento errado, então posso dizer que estou me sentindo estranha com tudo isso. E antes que a ligação caia, pretendo te dizer algumas coisas, mas, sabe, acho que as palavras não vão adiantar de nada agora. Porque, na verdade, eu não gostaria de falar nada.

Acho incrível mesmo quando você começa a falar de sentimentos. Os homens, apesar de demonstrar que são fortes e racionais, no fundo, eles são sentimentais. E é isso que me fascina em você. Saber que dentro desse homem forte e que tenta, ao máximo, evitar os sentimentos, tem um cara que abre o sorriso e diz que as palavras te deixam sem graça.

Adoro seu jeito brincalhão e meninão de ser. Dentro da gente sempre existe isso, mas só demonstramos isso pra poucas pessoas. Engraçado que eu fui pega de surpresa. Nunca tive nenhuma intenção e talvez seja por isso que ainda não entendi muito bem. Mas, não sei, penso que entender agora seja uma questão de confronto com a sensação que eu estou sentindo.

Ok, não quero tirar conclusões precipitadas e nem dizer o que possa vir a acontecer. Mas, de qualquer forma, queria deixar claro que tenho um carinho enorme por você. Posso te confessar uma coisa?

Silêncio

You May Also Like

0 comentários