Das coisas que eu precisava

by - fevereiro 27, 2013

Hoje eu acordei meio nostálgica. Talvez aquele sonho tenha me feito tanto bem que até hoje não sei o que eu fiz de verdade. Sou tomada pela dor de não conseguir nada e, ao mesmo tempo, perceber que eu poderia ter tudo. Não falo de bolsas, sapatos, celulares novos ou até mesmo um tablet. Talvez seja isso mesmo que eu queria, mas não era disso que eu precisava. Minha alma pede sonhos, meu coração não pensa em outra coisa. E não precisa dizer o que sejam esses pedidos. Peguei minha agenda pra anotar meus sonhos e desejos. E anotei como uma espécie de tag das coisas que eu precisava urgentemente em minha vida. Eu poderia ter dito várias coisas sobre viagens, blogs e etc, mas não. Eu falava sobre amor. Dizem que quando as pessoas tentam rejeitar algo de suas vidas é por causa do medo. Inclusive tenho lido livros que me falam que o medo somos nós que criamos dentro de nós. Ele impede que muitos sentimentos e coisas boas aconteçam. Que droga. Alguém do passado que me magoou anda colocando apetrechos no meu caminho. Eu tinha tudo - eu sei (e como sei) - e hoje não tenho nada. Eu poderia te pedir qualquer coisa, inclusive nada. Mas eu continuo aqui sentada com os mesmos medos e anseios. E sei que nesse caminho eu já me perdi. Já perdi minha trilha, meu caminho. Mas eu sei que por trás disso há algo diferente, há algo que possa mudar o que está acontecendo comigo. E, pessoas, parem de tentar destruir o que construí dentro de mim. Vocês podem tirar meus livros, celular, câmera ou qualquer outra coisa. Mas não tentem roubar meus sonhos, porque apesar da dor ser grande, eu consigo caminhar sozinha. Aquela velha dor (e todas as outras) me ensinaram a ser forte. Amor. Sonhos. Felicidade. post-feito-karine-clessia

You May Also Like

0 comentários