No que meu coração se transformou

by - fevereiro 04, 2013

céu-nuvens-coração Meu coração é mole e frágil. Mas nem ao menos me avisaram que eu nasceria com o dom (ou o azar, ainda não descobri isso) de ser boba demais. Devo percorrer pela corda bamba e me equilibrar novamente. Dizem que é fácil fazer, mas quem disse que seria fácil permanecer assim? Não é e nem será. Mas hoje eu decidi guardá-lo para um momento melhor. Pra quando ele estiver novinho em folha. Não é assim que descrevem? Fui lá no meu quarto verificar se tinha alguma mensagem sua. Não, eu tinha apagado todas as antigas, porque saberia que cada vez que eu pegasse no celular, eu iria lê-las. Rasguei aquela carta que prometi te dar no dia do seu aniversário, mas ainda lembro de cada palavra que escrevi ali. Não sei porque rasguei, mas acho que foi pra não tentar abri-la. Decidi guardar algo seu que só eu sei. Você é esquecido mesmo e sei que deve não se lembrar de alguns detalhes, mas eu guardei comigo lembranças suas. E sempre que abrir ou olhá-las, saberei que comigo teve alguém muito especial durante 90 dias. Eu não sei o que isso significou até hoje pra você. Você nunca me disse. Queria entender porque foi raro você ter dito algo pra mim. É difícil falar o que sente? Hoje o meu coração amanheceu feliz. E, pela primeira vez, vi que era início de algo novo com felicidade, ao invés de enxergar o término e a tristeza de algo. Agora posso pisar naquele jardim verde onde encontro pombas brancas. Nunca te contei isso, mas eu amo aves. Sabe por quê? Elas voam e transmitem a ideia de liberdade. Foi isso que eu aprendi com você: ter a coisa mais importante do mundo, sem possuí-la". O meu coração não sabe o que a minha mente indecisa deseja. Sei que já é tarde pra falar sobre isso, mas tem tanta coisa guardada aqui que eu preciso te dizer. Sei que agora você não quer escutar e nem ler. Ou talvez você nem pense nada. Independente de qualquer coisa, eu me sinto como uma ave sobrevoando o teu céu cheio de esperança de liberdade. Quero que as letras das músicas me traduzem sobre as entrelinhas que tanto tento falar. Quero que o mundo ouça o meu silêncio. O que eu sou, na verdade, é o que eu tento te dizer o que as palavras não conseguem expressar. Queria mesmo que você me lesse. Mas sei que não se importa com isso agora. Se cuida, menino que eu tentei cuidar. post-feito-karine-clessia

You May Also Like

0 comentários