Livro: Cidade dos Ossos

by - março 30, 2013


Foto: Melina Souza


Eu poderia começar essa resenha com várias adjetivos para descrever Cidade dos Ossos, mas prefiro deixar vocês curiosos para saber se os adjetivos são bons ou ruins. O que eu posso dizer é: Cidade dos Ossos irá fazer você amar e odiar Cassandra Clare, a autora do livro, mas lembre-se: o amor e o ódio andam juntos. Agora, caro mundano, vem comigo conhecer um novo mundo.
Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.



A sinopse apesar de ser muito boa e conseguir guardar o mistério da história é um pouco vaga, então para explicar melhor... Cidade dos Ossos conta a história de Clary, de quinze anos, que vê sua vida mudar depois de conhecer os jovens Caçadores das Sombras. O problema é que ela não deveria vê-los. Clary consegue ver um mundo totalmente diferente do normal. Um mundo onde existem fadas, lobisomens, vampiros, feiticeiros e demônios que vivem em acordos com um poder superior.

Um mundo em que sua mãe faz parte e não é uma mulher qualquer. Clary conhece Jace, um dos caçadores de sombras, que se torna seu tutor nesse novo mundo, e fazendo descobrir diferentes coisas sobre si mesma. Ao mesmo tempo junto com Simon, Alec e Isabelle, eles tentam encontrar o objeto que um grande vilão está atrás: uma taça. Valentim, vivo ou não, está à procura da taça e não tem bons planos para ela.

Eu ouvi muitas críticas boas sobre o livro e da série que ele compõe, Os Instrumentos Mortais, e fui cheia de expectativas lê-lo e posso dizer que não me decepcionei. Mas quando comecei a ler o livro achei ele um pouco parado, porém eu não sou do tipo que abandona livros e persisti até que ele ficou tão bom, mas tão bom que eu não conseguia largá-lo por um minuto.

Os personagens são muito cativantes, principalmente o ~suspiros~ Jace ~suspiros~,o qual eu estou apaixonada. Você se pega torcendo para os seus personagens prediletos ficarem juntos e sobreviverem, porque nunca se sabe. E é esse nunca se sabe que Cassandra Clare dá uma reviravolta total na história, uma reviravolta tão boa que destruiu o meu coração em milhões de pedacinhos. Todos os planos que eu tinha feito para os personagens foram por água abaixo. Ela surpreendeu... e MUITO!

O único problema que, na verdade, nem é um problema, é que o livro tem alguns semelhanças com a série de livros da J.K Rowling, um dos motivos é que Cassandra escrevia fanfics de Harry Potter antes de se tornar a famosa autora da série Os Instrumentos Mortais. Uma das semelhanças é o fato de Clary ter as fisionomias de uma Weasley, mas não se enganem, a história em si não tem nada haver com a de Harry Potter.

Os Instrumentos Mortais já entrou para a minha lista de séries favoritas, mesmo que eu ainda não tenha lido nem o segundo livro. Nem precisa dizer que eu super recomendo para quem gosta de livros fantásticos e para qualquer um que queira ler um bom livro. Para quem ficou animado com a leitura, um recado: ele irá virar filme que será lançar dia 23 de agosto desse ano.

 Vocês já leram Cidade dos Ossos? Ficaram com vontade de ler? Me contem!

post-feito-pela-karine-monteiro

You May Also Like

0 comentários