Que caminho devo seguir?

by - março 18, 2013

kombi

Tenho tido alguns devaneios, como de praxe, é claro. Ultimamente tenho tido muito isso: sonhado muito e caminhado também. Acho que muita gente tem o prazer de esculachar nossa alma e, claro, nosso coração também. Como se não já bastasse, começar a soltar brincadeirinhas sem graça com os nossos sonhos. Ou ex-sonhos. Mas, por favor, não venha me falar de ex, porque, sabe, ex dói.

Dói mesmo. Dói saber que tem gente se auto-destruindo e vivendo a vida de modo convencional. Aquele modo que todo mundo já faz. E faz o que todo mundo já faz. Hm. Já posso passar pro outro lado da pista? Não. Não mesmo. Nós temos vários caminhos a seguir: aquele que nós sonhamos (e amamos, isso é óbvio) e aquele que as pessoas querem que a gente siga (aquele convencional que dói só de pensar, que dói só em saber que temos que trabalhar novamente).

Você já reparou quanta gente por aí reclama do que faz? Claro. Não faz nada diferente pra mudar. Não faz nada pra ir atrás do que gosta. "Ah, mas não dá dinheiro". Ah, gente, vamos parar com isso né? Quantas vezes alguém me disse que ser escritora não dá dinheiro? Perdi as contas. E, sabe, não estou nem aí. Eu quero ser e vou ser. Quero ver alguém pegar no meu braço e dizer "você não vai". Ninguém escolhe o que eu quero fazer. Eu quero fazer, eu vou fazer.

Não penso no que as pessoas têm a dizer sobre mim e tampouco o que elas pensam com relação a isso. Se vão me dar apoio ou não, eu não me importo. Já me acostumei com palavras pessimistas, com palavras que vai lá no fundo e explode a alma. Mas eu não cansei de mim nem das coisas que almejo pra minha vida.

Não cansei de desenhar no papel e anotar cada palavra que tenho que realizar. Quer saber? Já comecei a realizar meus projetos que, até então, eu jurava que não iria realizá-los. E estou aqui desenhando (aprendendo técnicas pra melhorar), lendo mais (nunca pensei engolir páginas e devorar histórias) e fotografando o mundo (ok, essa eu pretendo fazer mais). São promessas pra me tornar alguém melhor, mas, sabe, aprendi que esse é o primeiro passo: fazer uma lista e realizar cada um.

E, Sociedade, não vou seguir regras, até porque detesto. Não gosto dessa mania que as pessoas têm de impor pra seguir. Mas não vou. Não quero. E não vou mesmo. Espero que você pare de pensar pelos outros e comece a pensar por si mesmo. Vai doer? Talvez. Tudo depende do modo com que você encara as situações: sentindo dor caindo ou aprendendo a se levantar. Eu prefiro encarar me levantando e você?

post-feito-pela-karine-clessia

You May Also Like

1 comentários

  1. [...] ♥ Não esqueça dos compromissos                  ♥ Que caminho devo seguir? [...]

    ResponderExcluir