Resenha: Estilhaça-me

by - março 13, 2013

estilhaça-me

O livro - que é o primeiro de uma série de três livros (Shatter me, Unravel me e Destroy me) - conta a história de Juliette, uma jovem de 17 anos que possui um toque letal. Juliette foi retirada de sua casa e desde então vive em um manicômio. Sem companheiros de cela, a jovem usa um caderninho e uma caneta para escrever sobre sua vida maçante, mas com esperança de dias melhores.

Durante os dois anos em que permanece no manicômio, Juliette não conversa com ninguém há exatamente 264 dias. Até que Adam, um jovem soldado do restabelecimento (Exército), entra em sua cela e quebra seu silêncio. Logo após a saída do soldado Adam, Juliette é levada para conhecer o comandante Warner, um jovem cruel e que faz uma proposta muito tentadora, mas que vai além de seus conceitos de respeito da vida.

Juliette descobre porque é tão importante para Warner: seu toque é letal e, no meio de uma guerra, ela se torna uma arma poderosa. Descobre que Adam era um soldado infiltrado e não seu amigo. Em meio a roupas luxuosas e comidas extravagantes que Warner oferece, o único sentimento que Juliette tem por Warner é o de repulsa. Adam não era o que parecia ser, ele tem planos de fugir do restabelecimento e sempre amou Juliette.

Adam e Juliette conseguem fugir e encontram abrigo no Ponto Ômega, um movimento de pessoas com super poderes, assim como Juliette, contra o restabelecimento. Será que eles estão livres de Warner?

Essa resenha foi escrita por Fabiola Silva, minha prima (♥-♥), que vai também fazer resenhas aqui no blog, juntamente com a Karine Monteiro.

You May Also Like

1 comentários

  1. [...]  A música que embalou um dos meus casaizinhos favoritos, Juliette e Adam, do livro “Estilhaça-me” de Tahereh Mafi foi “I follow you” de Lykke [...]

    ResponderExcluir