Lembrança de aniversário

by - maio 23, 2013

urso de amor

Todo aniversário representa alguma coisa de importante pra mim. Nos meus 15, eu chorei. Chorei de felicidade e, ao mesmo tempo desejando ter 18. Chegando aos 18, eu desejei um trabalho, a independência. E descobri que dinheiro não faz tanta diferença quando se tem um objetivo maior durante os próximos anos. E foi aí que eu descobri meu talento: escrever. Eu podia ter ganhado qualquer tipo de tecnologia, celulares bem avançados ou sei lá.

Com o tempo eu descobri o que eu queria pra minha vida. Parece que um simples susto ou uma dor do passado pudesse mudar a minha vida para sempre. E acredite: descobrir a escrita foi o melhor presente de aniversário que eu poderia ter ganhado. Nada de dinheiro. Nada de câmeras profissionais. Nada de notebook só meu. Descobri um amor, que foi muito mais que tudo isso junto.

Com o tempo, a gente percebe que algumas coisas acontecem para descobrirmos nossos caminhos de verdade. Conhecer pessoas incríveis. E, claro, ser feliz. Não sei vocês, mas eu gosto muito das coisas simples da vida. E fico muito boba quando isso acontece. E foi aí que eu descobri que temer um sentimento lindo é covardia. Se tiver que ser, será.

E a gente recorda dos aniversários passados e vê: a melhor coisa que a gente ganha na vida são as pessoas verdadeiras que aparecem em nosso caminho. Assim como a escrita também. Só por esse motivo, o dia 14 de Junho (dia do meu aniversário), comemora todas as felicidades que aconteceram nos últimos meses.

leia todos os posts da karine clessia

You May Also Like

5 comentários

  1. E com os 22 tudo isso muda mas seus princípios continua a vida é um ciclo onde sempre aprendemos algo novo em cada idade nova :)

    ResponderExcluir
  2. Karine Clessia23 maio, 2013

    Muita verdade o que você disse agora. As mudanças são necessárias! :)

    ResponderExcluir
  3. Super verdade, e vamos admitir que coisas simples sempre são as melhores né?! O maior exemplo que vi disso na minha vida foi a uns 3 anos atrás e tenho que compartilhar isso haha.
    Era natal, tava a família toda reunida, era o segundo natal que minha priminha passava com a gente e decidi dar um presentinho pra ela. Mas como o único dinheiro que tinha era da mesada, passei numa loja de pelúcias e comprei uma boneca de pano, que por acaso era muito linda. Eu estava empolgada pra hora dos presentes, mas de repente todo mundo começou a dar presentes pra ela, lep tops, câmeras de criança, bonecas falantes, diversas coisas mega caras! Fiquei super sem graça.
    Já estava no final da entrega dos presentes e eu ainda não tinha entregado, minha mãe me deu uma cutucada e falou pra mim dar logo rs. Pra minha surpresa ela adorou, ficou a festa toda com a boneca e largou o resto. Minha prima (mãe dela) diz que até hoje ela dorme com aquela boneca.
    É um ótimo exemplo que nem sempre aquele monte de coisa cara, é o mais especial.

    ResponderExcluir
  4. Karine Clessia23 maio, 2013

    Apenas ameeei essa história <3 Amei mesmo, Ana. Que fofa a sua atitude e a sua prima. As crianças gostam das coisas mais simples da vida. :)

    ResponderExcluir
  5. Sim, acho que são um grande exemplo pra sociedade haha

    ResponderExcluir