Quando um erro, na verdade, é experiência

by - agosto 27, 2013

borboleta garota

Durante 20 anos da minha vida eu já vi de tudo: um cara babaca dizer que homem gosta de massa (o cara era um verdadeiro idiota e só depois descobri isso), mulher se passando por homem pra conquistar alguém do mesmo sexo na internet e por aí vai. Nessas idas e vindas, acredito eu que acabei me encontrando. Pode parecer meio estranho falar isso pra vocês, mas vamos lá.

Não lembro se contei ao certo o motivo de eu ter criado o blog, mas te digo bem: foi graças a um babaca que estava do outro lado da internet, tentando fingir ser quem não é. Horrível. Sim, foi. Mas te digo outra coisa mais: foi a partir dele que descobri que minha vida estava aqui, juntinho com vocês. E, claro, escrevendo.

E quanto aquele cara que eu jurava ter gostado (o mesmo que disse na minha cara que homem gostava de massa), eu digo a realidade: de homens assim o mundo está cheio. Não quero me engasgar com pessoas bobas que, ao invés de trocar palavras negativas por palavras positivas, prefere cagar pela boca. Meninas, anotem aí: o cara que você vive atrás, na verdade, talvez nem seja tão importante assim. Eu pensava nesse tempo todo que lutar por alguém valesse a pena. E quanto mais difícil essa pessoa seja, melhor seria. Ah, eu estava enganada.

Foi um erro ter acreditado naquele tempo todo que eu poderia ter sentido algo por gente assim. Tenho vergonha de admitir isso para as pessoas. É vergonhoso saber que alguém com a idade que possui parece ter a idade mental de um garotinho de 5. E olha que eu acho que as crianças costumam agir com muito mais inteligência do que esse sujeito.

E hoje eu não vim desabafar. Vim deixar um recado pra você que acha que erra muito: errar faz parte da vida, mesmo você querendo ou não. Tenho 20 anos apenas. Aprendi muito, mas tenho muito o que aprender ainda. Erros, na verdade, são experiências que adquirimos. Experiência que faz com que não erramos na mesma bola. Pode ser que erramos outro dia. Mas não no mesmo lugar e nem mesmo com a mesma pessoa.

Aprendi que o que aconteceu comigo há não sei quantos anos atrás, acabou me transformando em uma pessoa mais forte e mais corajosa. E me tornei uma pessoa que, talvez, nem tive o prazer de pensar que eu fosse ser. Aliás, eu nem tive escolha: o destino foi lá e fez. E estou aqui pra contar história das lágrimas que caíram sob o meu rosto e que se tornaram sorriso em forma de palavras.

Não existem erros, e sim experiências.

Onde me encontrar: Perfil no facebook | Página no facebook | Twitter | Grupo do blog


leia todos os posts da karine clessia

You May Also Like

14 comentários

  1. Ei menina,você está com toda a razão.Errar faz parte da vida e do amadurecimento da pessoa,as vezes dói muito e o coração aperta,mas é assim que a vida é.Se você tem experiência significa que você não vai mais cair no "conto da carochicha".Como muitas meninas,e como você,já passei por uma dessas experiências e aprendi muito.Cair é uma forma de aprendizado e levantar significa que estamos prontos para a vida e para seus altos e baixos.
    Texto lindo,Kah:)

    ResponderExcluir
  2. Karine Clessia28 agosto, 2013

    Obrigaaaaaaada, linda!! :)

    ResponderExcluir
  3. Adooreei,pura verdade.
    Amei seu layout super fofo,parabens.
    Beijos,

    http://wwwcarollimafotografias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Karine Clessia28 agosto, 2013

    Obrigadaa, Carol! :P

    ResponderExcluir
  5. Mega verdade. Já tive meus mil amores por um cara desse tipo, não a nível de dizer algo assim, mas considerando as garotas que estavam sempre com ele, ele tinha essas preferências de aparência sim.
    Na real ele era meu amigo até que me apaixonei. Ele foi do tipo que me deu todas as esperanças, sabia que eu gostava dele e brincou comigo até o último. Toda vez que minhas esperanças ficavam altas ele aparecia com outra garota perfeita. No fim das contas desisti.
    Hoje já estou com meu namorado a quase um ano, olho pra traz e vi que foi uma burrada passar por todo aquele drama, mas se paro pra pensar, foi um ótimo aprendizado.
    Ele até chegou a correr atrás de mim depois que descobriu que eu estava namorando com um cara super legal. Me chamava pra ir aos jogos dele e tudo mais. Eu simplesmente deixei bem claro de minha forma que aquilo tudo já era e que eu amava meu namorado. Hoje em dia ainda cruzo com ele pelos corredores da escola e nem dou bola.
    Alguns momentos nas nossas vidas podem até ter sido duros, mas no final dessa batalha toda, a gente sempre encontra algo muito melhor do que esperávamos!

    Ah, e desculpa pelo texto Kah rsrs

    ResponderExcluir
  6. Karine Clessia28 agosto, 2013

    Acho que toda menina deveria ler sua experiência, Ana. Homens assim existem pra nos mostrar quem são os homens de verdade. Eu também tô muito feliz com meu namoro e vejo que só Deus sabe o que escolhe pra gente. <3 Lindaaa, eu AAMO comentários assim. <3

    ResponderExcluir
  7. Realmente, não sei se saberíamos dizer quem é o Homem de verdade se não passássemos por experiências como essas. Acho que de um jeito ou de outro, todas vão acabar gostando do cara errado antes de conhecer o certo haha <3

    ResponderExcluir
  8. entrei no facebook completamente sem querer, sem intenção alguma, mas o título do post me chamou atenção, eu realmente estava precisando dessas palavras agora, não vai fazer muito sentido pra você, kkkk, mas eu tô passando por uma situação e você me ajudou muito, obrigada, viu? e tenha certeza de que não fui a única a ser ajudada! beijos!

    ResponderExcluir
  9. Karine Clessia28 agosto, 2013

    Que feliz saber que minhas palavras te ajudaram! Agradeço sua visita e carinho aqui no blog. :-)

    ResponderExcluir
  10. Karine Clessia28 agosto, 2013

    Super verdade, Ana. É errando que se aprende. :)

    ResponderExcluir
  11. Karine que texto, lindo passei por algo parecido, e que tbm me fez amadurecer,o lado bom é que podemos passar experiências, não é?
    bjsss

    ResponderExcluir
  12. Muito legal seu texto, se decepcionar faz parte e tentar novamente tbm, pena que muitas pessoas desistem no primeiro obstáculo. Todos e todas cometem erros e são através deles que aprendemos. Conheça meu blog... Valeu!

    http://indagacoesfemininas.blogspot.com.br/2013/08/acreditar-em-tantas-coisas.html

    ResponderExcluir
  13. Karine Clessia29 agosto, 2013

    Fico feliz que tenha se identificado. E espero que mais pessoas pensem assim como você. :)

    ResponderExcluir