Resenha: A Batalha do Apocalipse

by - agosto 06, 2013

76163315_large

Você está preparando para o Apocalipse? Para a luta do céu contra o inferno? Preparado para viver em um mundo onde há anjos pelo terra? Você está, acima de tudo, preparado para conhecer a história da batalha do apocalipse?

Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo. Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval.

A Batalha do Apocalipse prometeu ser um livro surpreendente e até fez referências com a obra de J. R. R. Tolkien, na sinopse da aba do livro. Contudo, de surpreendente não vi muita coisa. Na verdade eu esperava muito mais do livro quando li a sinopse e as resenhas, mas nem tudo é o que parece.

A história criada por Eduardo Spohr é interessante e, acredito eu, poderia ter sido escrita de uma forma diferente. O livro conta uma história que abrange milhões de anos, o que não torna a escrita um pouco difícil, Eduardo soube escrever de forma fácil. Além disso, Spohr escolheu adicionar flashbacks para acrescentar fatos importantes. Estes flashbacks não seriam problema algum se não fosse pela longa narrativa encontrada neles. Em um desses flashbacks eu cheguei a ficar perdida no passado e quando voltei para o presente já não lembrava direito o que tinha acontecido e tive que voltar algumas páginas para relembrar.

Outro detalhe que me incomodou muito no livro foi a mudança da narrativa da história. O livro que até então era narrado em terceira pessoa mudou de uma hora para a outra em primeira pessoa, e, em seguida, voltou a ser narrado em terceira pessoa. Foi bem estranho a mudança brusca e eu realmente até agora não entendi o motivo da mudança.

Apesar destes pontos que me incomodaram, o livro pode ser uma ótima leitura para quem gosta de histórias com fatos bíblicos e históricos. Mas se decepcionará quem for ler o livro com sede de sangue, as batalhas não são descritas em tamanha precisão que nos faz realmente imaginar uma luta com muito sangue e destruição.

Para quem se interessou pelo livro, ele está a venda na Saraiva por R$32,00, na Livraria Cultura por R$39,90 e na Fnac por R$28,00.

Dica de amiga bookaholic: se o livro que você quiser não estiver na promoção em algum site, sempre deem uma espiada na Fnac, ela costuma ser mais barata. E mesmo se ele estiver, é bom dar uma olhada para ver se ela também está.

Vocês já leram "A Batalha do Apocalipse"? Se sim, o que acharam do livro? Gostaram da resenha? Me contem!

leia todos os posts da karine monteiro

You May Also Like

2 comentários

  1. Adorei,mas será que eu vou me perder na leitura??Também já li um livro que começava na primeira pessoa e depois na terceira,é meio complicado mas é interessante,só confunde um pouco a cabeça.Adoro livros com descrição detalhada,principalmente se for sobre cheiro e sobre detalhes das características.
    Amei a resenha<3

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a a resenha, parabéns!

    Não conheço o livro, mas vou comprar com certeza!
    Ah e obrigadona pela dica da Fnac, compro muitos livros todos pela net pq onde moro é muito longe e não tem livrarias boas, com livros bons, acabo pagando caro pelos livros que gosto.

    Otima dica!

    ResponderExcluir