Gravateando: conversa sobre amor com vovó

by - janeiro 18, 2014

garota livros

Foi o conselho da vovó.
- Ei, aonde você está?
- Que pergunta boba vovó. Estou bem aqui com a senhora, na varanda de sua casa uai.
- Não, me refiro a sua mente. Seu corpo está aqui do meu ladinho, mas sua mente.. Bem, sua mente estava bem longe daqui.
- Deu pra perceber tanto assim? – ela sorria tímida – Bom, não sei por onde começar vovó.
- Mas eu sei por onde começar. Você me permite?
- Mas é claro! – ela fica surpresa.
- Pra cada sentimento, o nosso corpo age de uma forma particular. Mas quando se trata do amor, ah.. todos agem da mesma forma. Um brilho inunda seus olhos de tal forma, que tudo ganha vida e cor. Até o cinza ganha espaço no arco-íris e nos dias de chuva é um convite pra ficar bem pertinho daquele que faz seu coração palpitar, arrepiar e sentir aqueles calafrios na palma das mãos. Daí o sorriso fica solto e com uma força inexplicável que não o deixa ficar escondido. Quando você anda pelas ruas, a cidade recebe sua alegria e em troca seus sonhos vão ganhando motivação. Você se torna uma pessoa mais calma e segura de si. Quando as duas mãos estão unidas o sonho se torna maior e intenso, mágico e tudo se torna possível. E quando se estão longe, a saudade se torna a companhia mais presente e exagerada que te dá aquela vontade absurda de largar tudo e viajar seus km e dar o melhor beijo.
- Vovó. – ela ficou sem palavras – você acertou em cheio!
- É minha flor, esse amor só acontece uma vez na vida. E quer um conselho?
- Diga!
- Viva, sorria e cultive-o dia a dia.

Imagem: via

Essa conversa linda foi escrita por Mariana Belinato, uma mineirinha fofa de Juiz de Fora. Adorei muito o texto e resolvi compartilhar com vocês. Quem gosta de escrever ou quiser seu texto publicado aqui, basta me enviar por email pra que eu possa fazer análise e, quem sabe, aparecer por aqui né? <3

Onde me encontrar: FacebookInstagramFlickrTwitter

leia todos os posts da karine clessia

You May Also Like

2 comentários

  1. Kah, que lindo!
    Eu criei o gosto de escrever pro blog tbm, mais não fica tão lindo assim kkk

    Vou me inspirar e te mandarei um e-mail.

    Você sempre querendo ajudar as pessoas! Sua linda.

    ResponderExcluir
  2. Karine Clessia22 janeiro, 2014

    Me manda mesmo. Adoro ler textos criativos assim ♥

    ResponderExcluir