Por que briga é tão insuportável?

by - janeiro 15, 2014

karine clessia - canon t3i2

Eu, numa dessas confusões diárias, acabei me encontrando. Se foi desnorteada ou não, não sei. Só sei que descobrir que brigar, na verdade, é falta de paciência com alguma coisa. E que não leva a nada, apenas a estresse mesmo. E olha que isso não falta, eim.

E foi numa dessas brigas que descobri sozinha que dá pra aprender a crescer com tudo isso e que discutir não é necessariamente insuportável. E justamente às 2:35 da manhã que descobri isso. Eu prometi a mim mesmo desde aquele dia: briga só se for pra tentar entender o que irrita outra pessoa. Agora vai ser assim: eu pergunto as coisas que irritam e eu faço tudo ao contrário pra não dar confusão.

Acho que quando a gente vai crescendo, vai percebendo que aqueles gritos e xingamentos só te fizeram uma pessoa mais idiota ainda. Enquanto alguém grita algo comigo, eu só penso sozinha "só pode ser retardado". Outro dia desses conheci uma pessoa que, no meio de outras pessoas, ficava brigando com sua filha. O engraçado é que ele percebeu que eu olhava meio torto. Confesso: odeio arrogâncias e olho meio torto porque acabo agindo assim, sem perceber.

O cara ficou com tanta raiva, que jogou umas indiretas pra mim. E eu? Só lamento. O mundo só vai mal mesmo, porque, cá pra nós, as pessoas são arrogantes e prepotentes pra caramba. E isso não ganha ponto com ninguém e nem faz ser melhor que alguém. Quer saber? Enche o saco e ninguém precisa de pessoas assim pra fazer mimimi com nossos ouvidos.

Escrevi o texto pra simplesmente dizer que aprendi, mais uma vez, que tentar ser grosseiro com alguém não me leva a nada. E, claro, ninguém tem culpa do seu mau humor ou da sua falta de amor na vida. Por que né?

Onde me encontrar: FacebookInstagramFlickrTwitter

leia todos os posts da karine clessia

You May Also Like

2 comentários

  1. Yuri Castro17 janeiro, 2014

    Nessas horas a unica coisa a se fazer é mudar seu pensamento para outro lugar, para poder escapar do mal humor alheio.

    ResponderExcluir
  2. Karine Clessia18 janeiro, 2014

    Mas quando se trata de conviver com pessoas assim, continua sendo algo difícil, mas, claro, passageiro. Porque a gente só colhe dentro da gente o que a gente quer. Obrigada pela visita, Yuri :)

    ResponderExcluir