Por que sou tão otimista?

by - janeiro 30, 2014

blogueira karine clessia - nós na gravata

Hoje decidi falar um assunto muito bacana e que, claro, tem bastante influência em nossas vidas: o otimismo. Desde pequena gosto de analisar tudo a minha volta, é incrível isso. As pessoas, as suas atitudes, comportamentos num momento de raiva ou de alegria, porque as pessoas fazem isso e aquilo.

Pode não parecer, mas aquilo que nós desejamos pra nós mesmos, conseguimos. De um jeito ou de outro. Antigamente eu era mais tímida e, por isso, não tinha tanta confiança assim em mim. E isso era um horror, afinal, eu nunca tinha certeza do que queria. E eu agia conforme o gosto das pessoas, e não o meu. Eu acabava me sentindo um lixo. E, claro, pessimista.

Eu sabia que aquilo me afetava de alguma forma, mas não sabia como sair disso. E foi aí que eu comecei a escrever e percebia que eu tinha por dentro alguém que tinha sua opinião própria. Eu passei a observar o mundo de outra forma, de uma forma bem melhor. E percebi que as pessoas também começaram a ter um olhar diferente de mim. Um olhar positivo.

Não é tão difícil assim quanto a gente pensa. Encarar o mundo com outros olhos é que nos faz ser alguém especial no mundo, sabe? E eu só aprendi isso depois que conheci algumas pessoas na vida. Porque saber que as coisas vão dar certo talvez seja fácil, mas lutar diariamente contra o pessimismo, não seja uma tarefa fácil. Mas a gente precisa sorrir e encher os nossos olhos com brilho.

A gente só consegue ser alguém melhor pra gente (e pro mundo) quando passa a enxergar outras pessoas em situações ruins (ou até piores que a sua). Foi exatamente isso que aprendi nas aulas da faculdade. A gente consegue um empurrão quando observa que pessoas que tinham tudo pra perder, ganharam a vida sorrindo. E chorando, mas de felicidade!

Depois que "acordei pra vida", percebi que sou uma menina de sorte. Tenho pais que me dão apoio na minha vida, tenho uma irmã que, mesmo brigando comigo, quer cuidar de mim o tempo todo. E nem todo mundo tem isso, mas carrega um sorriso no rosto.

Importante: Essa foto é da minha autoria. Caso pegue, por favor, dê os seus devidos créditos. ♥
Onde me encontrar: FacebookInstagramFlickrTwitter

leia todos de karine clessia

You May Also Like

8 comentários

  1. eu sei como é,também sou muito otimista!

    ResponderExcluir
  2. Eu entendo bem esse sentimento, isso de ficar meio pra baixo, e tentar dar a volta por cima, de uns tempos pra cá to tentando mudar minha forma de ver as coisas.
    E o blog é uma coisa que ajuda muito né?
    Seja ele pequeno ou grande, ele acaba sendo um lugar só seu, e com ele você tem a chance de encontrar e descobrir coisas novas e também você mesma.

    http://www.sonhosmanuscritos.com/

    ResponderExcluir
  3. Querida, adorei o texto, comovi-me mesmo ao lê-lo, não sabes como estas certa, todos temos motivos para sorrir, mesmo sem o que disseste, mesmo que não seja na familia, há sempre algo bom ou por mais que não seja algo pelo qual vale a pena lutar :D

    Grande beijinhoo, continua assim

    http://blognita.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  4. Letícia Ohana30 janeiro, 2014

    Poxa eu tenho sérios problemas com otimismo, quando eu consegui a pensar positivo muita coisa começou a andar na minha vida, mas não consegui manter isso nem um mês. Você podia fazer um post dando dicas de como manter o otimismo =(.

    Bjuuu

    ResponderExcluir
  5. Karine Clessia30 janeiro, 2014

    Ótima ideia! :D Vou fazer com certeza...

    ResponderExcluir
  6. Karine Clessia30 janeiro, 2014

    Fico feliz que tenha gostado, Júlia. A verdade é que passamos nossas vidas reclamando de coisas que poderiam ser simples. A verdade é que a gente vê dificuldade onde não tem. Sucesso na sua vida, menina! :D

    ResponderExcluir
  7. Karine Clessia30 janeiro, 2014

    Com certeza! O blog é uma forma de se expressar. :-)

    ResponderExcluir
  8. Karine Clessia30 janeiro, 2014

    Ainda bem, Isa! :D

    ResponderExcluir