Resenha: Divergente

by - janeiro 11, 2014

divergent

2014 é o nome de adaptações literárias para o cinema. Todo mundo já está se preparando para chorar horrores assistindo "A Culpa é das Estrelas", para viver todas as emoções de "Jogos Vorazes: A Esperanças Part I"  e também, para Divergente, mais uma trilogia distopia que terá no elenco Shailene e Ansel, que também contracenam juntos na adaptação do livro de John Green. E depois de ler tantos e tantos elogios a trilogia, eu me obriguei a ler o livro antes de assistir o filme.

Divergente conta a história de uma Chicago futurista, que dividiu a sociedade em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.

Beatrice deve decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Divergente tem bem a pegada Jogos Vorazes e, consequentemente, foi comparada com a mesma, mas eu acho a narrativa da Veronica bem melhor do que a da Suzanne. Divergente tem tudo que uma boa história deveria ter, personagens cativantes e bem construídos, relacionamentos que não acontecem de uma hora para a outra, narrativa que segue um ritmo agradável e muita ação. Sem contar em elementos que um livro distopia precisa ter: busca de poder, sociedade fragmentada...

Veronica Roth não me decepcionou nem um pouco com Divergente e espero que ela não me desaponte com Insurgente e Allegiant.

A adaptação cinematográfica tem data de estreia para 18 de abril. Ainda da tempo de ler o livro antes de assistir o filme, corre!

Quem já leu Divergente, o que achou do livro? E quem não leu estão desejando-o? Comentem!

Imagem

leia todos os posts da karine monteiro

You May Also Like

2 comentários

  1. Tua resenha tá muito boa e eu desejo ler esse livro!

    ResponderExcluir
  2. juliano cesar de oliveria23 abril, 2014

    Oi adorei sua resenha amiga...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir