Resenha: Feios

by - maio 31, 2014

resenha feios

Quem nunca se sentiu o patinho feio do grupo de amigos? Ou quis ser parecido com a aquela atriz linda que está estampando a capa da última Vogue Paris? Tudo é questão de padrões determinados pela sociedade. Em "Feios", Scott trata exatamente deste assunto, a busca pela perfeição que todos desejam.

"Não quero ser uma feia para o resto da vida. Quero aqueles olhos e lábios perfeitos, quero que todos me vejam e fiquem impressionados. E que todos que me virem perguntem "quem é ela?" e queiram me conhecer e queira ouvir o que eu tenho a dizer." (pág 94)

"Feios" conta a história de Tally que está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito.

Em apenas algumas semanas, Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Scott Westerfeld tocou em uma pequena ferida da sociedade, o padrão de beleza. E é com essa história incrível e envolvente da série Feios que, aos poucos, ele vai abrindo os nossos olhos sobre a necessidade de querer ser perfeito.

O autor deixa bem clara a divisão que há entre feios e perfeitos, separando-os até de cidades. Onde os perfeitos são quase todos iguais, mesma estatura, mesmo porte físico, mesma maneira de pensar e agir. Enquanto os feios são completamente diferentes uns dos outros, o que, para nós, os torna bonitos.

"Não passa de enganação, Tally. Em toda a sua vida, você só viu rostos perfeitos. Seus pais, seus professores, todos que tem mais de 16 anos. Mas você não nasceu esperando encontrar sempre esse tipo de beleza em todo mundo. Simplesmente foi programada para achar que qualquer coisa diferente é feia." (pág 84)

Conforme a leitura vai fluindo, você reflete sobre o que é ser bonito e feio. Sobre a maneira a qual julgamos as pessoas, de onde vem a nossa primeira impressão. E todos nós sabemos que julgamos as pessoas pela sua beleza, está determinada pela sociedade. Se uma pessoa não é magra, ela não é bonita. Se ela não é isso ou aquilo, também não. É tudo questão do que a sociedade impôs. Mas por que uma pessoa não pode ser bonita estando um pouco acima do peso? Tendo uma característica considerada feia? Sendo que este pequeno detalhe pode ser o que te encantará.

Não importa o quanto falemos e refletimos sobre isso, nós sempre iremos julgar todos pela sua beleza exterior para depois julga-los pela beleza interior. É um fato, o ser humano é assim. No final o que realmente importa é o que há por dentro, sim. Porém isso não nos impedirá de julgarmos as pessoas pelo que há do lado de fora.

"Acontece que a primeira coisa que se vê é o rosto. Você reage à simetria, à cor da pele, ao formato dos olhos. E então decide o que há dentro de mim, com base nessas reações. Você é programado para agir assim!" (pag. 271)

Ficaram com vontade de ler Feios? O que acharam da resenha? Me contem!

leia todos dekarine monteiro

You May Also Like

8 comentários

  1. Nossa, eu fiquei com vontade de ler sim, achei bem legal e diferente a história e, adorei a resenha que você fez, ficou ótima.

    ResponderExcluir
  2. Coincidentemente fiz um post sobre esse livro no meu blog há uns dias atrás! rs Já li toda a série e amei.

    http://nemparisnemny.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Acho esse livro muito interessante e gosto demais de livros assim :)
    Ótima resenha...

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  4. Já tenho muita vontade de ler, e a cada resenha (como a sua, que ficou ótima) fico com mais vontade. Preciso compra-lo logo, ou ao menos achar em pdf.

    - Ana Beatriz, Quinze Veraneios

    ResponderExcluir
  5. Karine Clessia02 junho, 2014

    Eu também adorei a resenha e fiquei interessada no livro <3 muito amor

    ResponderExcluir
  6. Deu vontade de ler, parece ser muito bom! :D

    Beijos
    http://setudopodeser.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Será que eu fui a única pessoa que passou a maior parte do tempo odiando a Tally pelo jeito dela, e pelas coisas que ela faz durante a história com a sua melhor amiga?!
    Céus, juro que to tentando me preparar pscologicamente para continuar a serie já que o enredo, e a ideia central e a critica social é bem bacana, tirando a Tally, claro! hahahaha
    Adorei o blog e a resenha, voltarei aqui mais vezes! :)

    http://capitulovinteseis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Karine Clessia03 junho, 2014

    Ebaaa! Fique a vontade ♥

    ResponderExcluir