Resenha: Argo

by - dezembro 08, 2014



Argo, filme dirigido por Ben Affleck e vencedor de três Oscar, incluindo o de melhor filme e melhor roteiro adaptado, não é apenas uma produção cinematográfica de tirar o fôlego, e também um livro que não nos deixará dormir até ler a última página.

Para quem não conhece a história, Argo apresenta fatos que aconteceram antes, durante e depois do dia  4 de novembro de 1979, em que os funcionários da embaixada dos Estados Unidos em Teerã foram surpreendidos pela invasão de um grupo de militantes, que fez 52 reféns. Em meio à confusão, seis diplomatas conseguiram escapar e encontraram refúgio na residência do embaixador do Canadá.

Mas Tony Mendez, especialista em disfarces da CIA, sabe perfeitamente que é apenas uma questão de tempo até que sejam encontrados. Para retirá-los do país, ele concebeu um plano muito arriscado, digno de cinema. Disfarçando-se de produtor de Hollywood e apoiado por um elenco de agentes secretos, falsificadores e especialistas em efeitos especiais, Mendez viajou para o Teerã a pretexto de encontrar a locação perfeita para um falso filme de ficção científica chamado Argo.

O livro apresenta diversas visões da história, tanto o lado de Tony Mendez, quanto a dos diplomatas que conseguiram escapar, desta forma torna-se mais fácil sermos introduzidos dentro da história sem perder nenhum detalhe de toda a ação. Contudo, quem narra toda a história é Tony Mendez, o livro funciona como um tipo de diário em que ele conta todos os detalhes da missão para conseguir retirar os diplomatas do país, para isto, ele abrange todos os lados da história.

Porém para isto, ele precisa descrever todos os personagens e são muito, que, às vezes, nos fazem nos perder na história. Contudo eles são descritos de forma simples e bem sucinta, apenas para termos uma ideia de como os personagens são e assim podermos diferencia-los melhor.

Na verdade, toda a narrativa e bem simples, dando uma enfase maior na descrição de como a operação foi planejada, onde podemos ser presenteados com diversos detalhes da missão.

Por ser uma história real é impossível não se encantar por todos os processos que levarão a criação do plano e até o resgate. Para pessoas como eu, curiosas em saber sobre o mundo da espionagem, é um livro que saciou uma parte da minha curiosidade e ainda me prendeu por algumas horas em um mundo completamente diferente e perigoso. Para os fãs de ficção, talvez este livro não tenha tanta ação quanto estamos costumados a ver, mas tem uma boa dose de emoção contida nele. Eu mais do que recomendo Argo para todos, desde o livro ao filme.

Vocês já leram ou assistiram Argo? Me contem!

You May Also Like

4 comentários

  1. Não assisti ainda mais me deu vontade de ver
    http://meninasperfeitas01.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o livro, posso te garantir que é bom, e assista ao filme. Você vai gostar! Beijooos.

      Excluir
  2. Eu sabia mais ou menos da história e vi que foi mto criticado negativamente... o que me deixou um pouco sem vontade de ver o filme, mas gostei da tua resenha, quem sabe dou uma chance!! hehe
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não assisti ao filme, mas o livro é muito bom. Beijooos.

      Excluir